PAIS + ESCOLA = SUCESSO

COLÉGIO E FAMÍLIA DEVEM SER PARCEIROS NA EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS.

SAIBA QUAL SUA PARTE NESSA EQUAÇÃO E TRANSFORME O FUTURO DO SEU FILHO

– O que o professor do seu filho entente por disciplina? Ele corrige a lição de casa todos os dias? Se você desconhece as respostas e ainda acha que não precisa sabê-las, está na hora de rever seus conceitos. “Os pais erram ao atribuir à escola total responsabilidade pela educação das crianças. Aparecer em reuniões e eventos não é participar, é visitar”, diz Silvana Wanka Zen, cooordenadora pedagógica do Colégio Cônsul Carlos Renaux, em Brusque (SC). Além de formar uma verdadeira parceria com o colégio, eles devem se certificar de o ambiente famíliar ser tão acolhedor aos estudos quanto a própria escola. Exemplo: quantas vezes você desligou a TV e perdeu a novela para ajudar na lição de casa? “Os pais devem se programar para estudar diariamente com os filhos”. alerta Gabrie Chalita, ex-Secretário de Estado da Educação de São Paulo.

escola.jpg

FAMÍLIA: O COMEÇO DE TUDO

– Um bebê nasce sabendo mamar. E só. Todas as outras funções que seu filho faz hoje aprendeu com a sua ajuda e, quando ele entra no colégio, essa realidade não muda. A diferença: você ganha auxílio profissional da escola. “Os pais são os primeiros responsáveis pelo desenvolvimento do processo educacional. São eles, ou deveriam ser, os primeiros contadores de histórias. Da mesma forma, a escola também não pode só passar conhecimentos, mas atitudes”, afirma Chalita. Portanto, nada de relegar ao colégio a educação da criança. “Educar significa prepará-la para ter uma vida autônoma. Isso se alcança com respeito a si mesmo e ao próximo – o resto é decorrência”, diz a psicopedagoga e conselheira da Associação Brasileira de Psicopedagogia, Maria Irene Maluf, de São Paulo.

PROBLEMAS DE DISCIPLINA

-Achar a criança que briga com colegas cheia de vida e a que colou na prova esperta são tentativas descabidas de justificar uma falha na educação do filho. Isso pode levar a graves consequências futuras”. alerta Maria Irene. Problemas disciplinares, na maioria das vezes, têm suas causas na família. É preciso alertar a criança dos efeitos de seus atos com diálogo e modelos. “Pais e professores devem trabalhar juntos, adotando uma única postura”, considera Silvana.

AI, ESSE BOLETIM…

-Notas baixas não são uma tragédia, só funcionam como sinal de alerta para os pais, indicando que a criança precisa de mais atenção em casa e melhor acompanhamento na escola. Notas vermelhas em sequência, por outro lado, podem revelar problemas mais sérios, desde dificuldade de audição até questões domésticas, como o divórcio dos pais. Se for o caso, família e escola devem conversar e refletir sobre a melhor maneira de ajudar o aluno.

LIÇÃO DE CASA PARA OS PAIS

–Pergunte diariamente quais foram as tarefas realizadas na escola.

–Sempre que não entender o objetivo de uma atividade, questione o professor. Pode ser no final da aula ou mesmo por um bilhete.

–Caso não saiba como ajudar seu filho com a lição, peça para ele verificar no dia seguinte a correção com o professor. E claro, compartilhá-la com você (dessa forma, todos aprendem!).

–Acompanhe minuciosamente o boletim escolar, mas não exija sempre a melhor nota. Comemore os avanços!

–Se seu filho pedir ajuda, apenas dê sugestões de como resolver a questão. Permita a ele a alegria de vencer o desafio.

–Ajude a criança a perceber como suas tarefas têm aplicação na vida prática. Por exemplo: no mercado, faça-a usar matemática para calcular quanto gastarão.

–Garanta à criança um espaço tranquilo para fazer o dever.

–Leia para seu filho. Esse simples ato o incentivará a ler.

–Obedeça os horários de entrada e saída da turma e, se for o caso, o uso do uniforme. Assim, não desautoriza a escola.

–Procure não falar mal do colégio na frente da criança.

Prefira levar sua reclamações direto à coordenadora.

7 comentários sobre “PAIS + ESCOLA = SUCESSO

  1. Excelente, as regras da escola de pais, porém o que vejo mesmo em nossa Educação de hoje é mesmo a falta de qualificaçaõ de professores,na qual despreparados e mau informatizados assumi a responsabilidade de transmitir conhecimentos à alunos sem nenhum fundamento profinalizante para os futuros da nação.Devemos ter conhecimento e sabedoria que o desevolviemnto de uma nação depende de uma boa Educação, que é a base de tudo em se falando. Quantas teorias de excelência existem em nossa Educação para sim facilitar o ensino de perfeição.Acho que em nosso pais tem que exisstir um Paulo Freire da vida, o homem de verdadeira visão pela Educação do homem em tudo falando.O Brasil ainda é pobre na Educação de base.BRASIL EDUCADO,CREDIBILIDADE AVANÇADA!!!

  2. Gostei muito desta matéria, parabens, deveriam abordar mais sobre o assunto, muitos precisam acordar, saber que criança não vem com bula.
    Reconhecer a dedicação de um professor, agradecendo sua participação na vida de nossos filhos.
    Amei….
    Parabens!!!

  3. Meu querido Jorge Rocha, primeiro, antes de criticar a edução e os educadores… Faça uma auto avaliação de suas habilidades, inclusive a de escrever… pois tens probllemas sérios na hora de redigir (ortografia), ou esqueceu de revisar o seu texto?
    Ou ainda, é reflexo dessa educação que apontas?

  4. Sempre vou á escola do meu filho e entro na sala de aula para ajudá-lo nas tarefas.
    estou com medo de estar o prejudicando.
    O que devo fazer?
    por favor me responda!

  5. tenho 14 anos, me considero uma boa aluna, mas com certeza se minha familia fosse mais presente juntamente com a escola, meus resultados poderiam ser bem melhores. Acho que o problema não está só na ausência dos pais na vida escolar, mas tbm da escola ao não incentivar essa aliança. Foram ótimas as dicas para os pais, minha mãe com certeza vai adotar, apesar do pouco tempo.

Os comentários estão encerrados.